28 de abr de 2010

Poesia de Vinicius de Moraes disponível para download




Toda a obra de Vinícius de Moraes está agora livre para downloads na Brasiliana, biblioteca digital da USP. O lançamento da coleção completa foi na segunda-feira (26), durante o Simpósio Internacional de Políticas Públicas para Acervos Digitais. Foi uma festa: um ônibus equipado com iPads e Kindles levou os presentes para dar uma voltinha com a obra do poeta.


Vinicius de Moraes (Rio de Janeiro, 1913-1980) é nome dos mais significativos na vida cultural brasileira do século XX. Além de poeta, bem acolhido pela crítica do tempo e festejado como poucos pelo público leitor, foi autor de teatro, com destaque para Orfeu da conceição (1956), e crítico de cinema e cronista de colaboração regular na grande imprensa do país. Com o advento da Bossa Nova, na segunda metade da década de 1950, intensificou sua atuação como compositor e letrista, tornando-se uma das figuras centrais da música popular brasileira.


[+] Saiba mais



Fonte: Estadão, Biblioteca Digital Brasiliana

23 de abr de 2010

rapper Thaide integra elenco de programa jornalístico inédito

Thaide na TV Band no programa A LIGA

Rapper Thaide na Band
Rapper Thaide na Band

Com estreia prevista para o próximo dia 4 de maio, na TV Bandeirantes, o programa "A Liga" é liderado por Rafinha Bastos com produção da Cuatro Cabezas, a mesma do "CQC". Além de Bastos, o programa contará com o MC e apresentador Thaide, a jornalista Débora Villalba e a atriz Rosanne Mulholland. O quarteto irá produzir conteúdo jornalístico crítico que mostrará situações da realidade com humor e acidez. De acordo com o colunista Flávio Ricco, o programa é uma das grandes apostas da emissora para esse semestre e será transmitido no lugar de "E24", a partir das 22h 15min

[+]
Clique aqui e assista ao teaser do programa

Conheça o rapper mirim CAUAN

Na Rima o Futuro do Hip Hop


CAUAN

No ultimo dia 23/03 o Brasil pode conferir o talendo do garotinho Cauan de apenas 6 anos ao se apresentar no programa Qual é o Seu Talento no SBT.

Representando o RAP Cauan arrebentou fazendo com que o publico vibrasse e os jurados se rendessem ao seu talento.Miranda um dos jurados do programa se levantou e foi cumprimentado no palco.Com apenas 6 anos Cauan vem se destacando desde o ano ano de 2009 quando se apresentou na Band no Programa da apresentadora Marcia Goldsmith chamando assim a atenção da produção do programa Silvio Santos.Apresentando -se ao lado da apresentadora mirim Maisa e do proprio Silvio Santos o pequeno Mc ja mostrava a que veio e agora no ano de 2010 com seu cd solo em fase de produção Cauan se classificou para a fase semifinal do programa.Integrante da Banca Reviravoltra Mafia e do grupo Vigilantes Mc’s, Cauan acabou de gravar a musica APERTA O PLAY com a dupla de repentistas Caju e Castanha e acompanha a dupla pelo brasil e suas apresentações uma peculiaridade acompanha o grupo “Desde a chegada do Cauan no grupo muitas crianças agora estão indo aos nossos shows para velo isso é muito gratificante pois é uma nova geração do RAP que se forma”Diz JR Pai do Cauan.

O video esta postado no youtube a pouco mais de uma semana e ja conta com mais de 28 mil acessos é só conferir.

Produzido por Erick 12 o cd estara em breve nas ruas com aproximadamente 10 faixas e algumas participações.

É o RAP nego

15 de abr de 2010

Nossa Cara Preta agora é uma revista impressa

Nossa Cara Preta revista-informativo impresso, mensal, de exposição e divulgação da Cultura Negra e Hip Hop de Raiz, tem o objetivo de fortalecer e dar visibilidade aos elementos DJ, MC, B.Boy e Graffiti do interior paulista e destaques para a região de Sorocaba e o que rola no Hip Hop Brasileiro .


A primeira edição com destaque para aos 7 anos da morte do maestro do Canão Sabotage e o grupo X DA QUESTÃO e indicações de livros, cds, dvds, sites, blogs, myspace e Twitter na contra capa.

Veja revista on-line no www.issuu.com/nossacarapreta e envie sugestões, criticas e materiais pra divulgação para nosscarapreta@gmail.com



14 de abr de 2010

Novo CD do Mv Bill nas lojas

Já nas lojas o novo CD do Mv Bill

mvbill

Álbum: Causa e Efeito
Ano:
2010

Selo:
Chapa Preta

Direção Artística:
MV Bill

O rapper, escritor e cineasta MV Bill lança o seu quarto CD intitulado “Causa e Efeito“. O disco foi gravado no Rio de Janeiro e o próprio MV Bill assina a direção artística. O novo álbum contou com a colaboração de diversos produtores do Brasil, entre eles o DJ KLJ dos Racionais MC’s, e do exterior, o coletivo alemão Kingstrumentals.


O single lançado no ano passado foi com a música “O Bonde não para” que teve seu videoclipe dirigido e roteirizado por MV Bill. Lançado e premiado na MTV Brasil, foi amplamente exibido no canal e em emissoras regionais. Pioneiro, foi o primeiro videoclipe de Rap Nacional a ocupar o primeiro lugar no MTV OVERDRIVE.


O disco “Causa e Efeito” conta com participações especiais de Chuck D. (líder do grupo de Rap americano Public Enemy) na música “Transformação“, que tem arranjos de violinos de DJ Luciano. A faixa “Cidadão Refém” trás a participação de Chorão (Charlie Brown Jr.). Assim como em trabalhos anteriores, MV Bill divide grande parte dos vocais com sua irmã KMILA CDD, e nesta forma inédita, apresenta uma faixa exclusiva com ela nos vocais intitulada “Kmila CDD “.


Junto com o disco, chega também ao grande público o vídeo da música “Corrente“. O clipe filmado em Porto Alegre, com direção de Gustavo Tissot, é uma parceria entre Chapa Preta (produtora de MV Bill) e Margarida Prod.

Confira abaixo a capa do disco:


Acesse a rede oficial:

Site oficial: www.mvbill.com.br

YouTube: www.youtube.com/mvbillcdd

Myspace: www.myspace.com/mvbill

Blog Pessoal: www.mvbill.blogspot.com

Twitter: www.twitter.com/mvbill


Premiações

Prêmio da Unicef (Desenvolvimento social junto à Juventude);

Prêmio Unesco (10 pessoas mais militantes do mundo) Fórum Mundial de Cultura em Barcelona;

Prêmio de “Melhor Documentário do Ano”, Rei da Espanha, das mãos do Rei Juan Carlos;

Prêmio Nick 2009 – Comunicação Jovem;

Prêmio America Green – Desenvolvimento Sustentável;

Prêmio VMB – categoria Rap (MTV) 2009;

Campanha Coca-Cola Verão 2010 “Abra a Felicidade que vem ai”;

Prêmio Arcos Íris 2010 – Combate a Homofobia; Categoria: “Atitude”;

Prêmio Hutuz 10 anos – 4 categorias.

12 de abr de 2010

EU, O VINIL E O RESTO DO MUNDO


vinil

Selecionado para a mostra competitiva do Festival É Tudo Verdade, o longaEU, O VINIL E O RESTO DO MUNDO, com direção de Lila Rodrigues e Karina Ades, conta a trajetória de jovens DJs da periferia de São Paulo.


As diretoras acompanharam 11 DJs na cidade de São Paulo que participam de um campeonato de Djs e que lutam para um dia conseguirem sobreviver fazendo musica. “Fui tocada pela experiência de vida desses meninos e a crença que vi neles em acreditar em um futuro melhor apesar das dificuldades”, conta Lila Rodrigues.


É inusitado ver um filme com esta temática ser dirigido por mulheres, e esse é um dos atrativos do filme. O olhar de uma mulher sobre uma realidade totalmente masculina reflete na tela um filme humano, delicado, onde fica exposto muito mais do que o saber tocar musica. “É um filme que fala sobre esperança. Mostra o lado bom de uma realidade que normalmente é vista sob olhos do medo e preconceito”, completa Lila.



No documentário os rapazes se entregaram totalmente, revelando um pouco de suas vidas para o olhar dessas duas mulheres, num ato de mutua confiança. “Comecei a minha carreira na direção de videoclipes e isso me aproximou muito do universo da musica, essa experiência na direção de videoclipes me fez unir musica e imagem e me apaixonei por isso, essa foi a razão da busca por um assunto onde eu pudesse explorar esse casamento.Aprendi muito sobre a vida com eles e muito sobre este universo. Foi uma experiência muito gratificante”, conta Karina Ades.



A linha condutora do filme é o campeonato onde esses 11 DJs são finalistas. A medida que o filme se desenrola, conhece-se mais profundamente esses jovens e entende-se mais seu universo.


A competição, embora presente durante todo o filme, torna-se coadjuvante enquanto outras questões vão surgindo. Essas questões passam pela influência musical que cada um deles teve até onde cada um quer chegar na vida. A trajetória que os levou a estar neste campeonato e a necessidade de se ter outra profissão em paralelo a de ser DJ. As expectativas em relação ao futuro próximo, as dificuldades e acima de tudo a paixão pela musica e o desejo de um dia poderem sobreviver sendo DJs profissionais.


É a primeira obra de longa-metragem de ambas diretoras, que possuem uma carreira vinda da publicidade, onde atuam como diretoras de cena. “Fico sonhando em poder ajudar esses meninos de alguma maneira com o filme”, comenta Lila. “Eles são muito talentosos e pessoas incríveis”, completa Karina.


O filme acompanha a trajetória de jovens DJs, moradores da periferia de São Paulo, que participam do maior campeonato de DJs da América Latina, o Hip Hop DJ. São jovens de todos os cantos da cidade que mergulharam no sonho da música e através dela buscam construir suas vidas e suas carreiras.


O Portal RAP NACIONAL conversou com a diretora Lila Rodrigues, leia abaixo a entrevista e assista uma cena exclusiva do filme:


Como surgiu a idéia de fazer esse filme?

A idéia surgiu em uma conversa entre o Xis,um dos idealizadores do campeonato de DJs HIP HOP DJ e a Karina, uma das diretoras do filme, que me convidou para criar o filme com ela.

Será lançado em DVD ou será exibido apenas em festivais?

Esperamos que ele seja lançado também em DVDs, assim como entrar em circuito de cinemas das principais cidades do Brasil, além dos festivais pelo mundo.

Vocês já faziam parte da cultura Hip-Hop antes do filme?

A Karina já havia feito alguns videoclipes, inclusive 2 do Xis. Eu ainda era só uma admiradora da musica e da cultura.

Vocês tem projetos futuros com outros elementos da cultura Hip-Hop?

Existe uma idéia de fazermos um trabalho com os B-BOYS(dançarinos de break dance),mas ainda não está em andamento.

O que foi mais importante nesse trabalho, na opinião de vocês?

Acho que o filme vai servir de janela para mostrar a cultura Hip Hop para pessoas que não são exatamente do meio.Isso é muito bom porque pode desfazer antigos paradigmas com relação ao “gueto” e também é um fator de incentivo e fortalecimento para a própria cena e para as pessoas que fazem parte dela.

Que mensagem vocês deixam para os jovens que tem interesse em trabalhar com audiovisual ?

O acesso `a equipamentos e ao conhecimento é hoje muito maior do que há 20 anos atrás quando eu me formava na faculdade de cinema da FAAP. Acho que o jovem tem que aproveitar isso e exercitar o máximo que puder. Mas acho fundamental ele tentar entrar no mercado profissional, seja fazendo publicidade, cinema, ou TV.

É importante aprender como funciona o mercado, quais são as funções de cada um e como essa cadeia toda funciona.

O que o publico pode esperar deste filme?

Quem assistir ao filme vai ver um filme musical, alegre, esperançoso e com informações sobre a diversidade musical que nós Brasileiros temos. Vai ter a chance de conhecer um outro lado das comunidades de baixa renda, que não está associada `a violência e drogas. E vai sentir de perto o que representa ser um DJ de performance. Não é nada fácil fazer o que eles fazem.Tem que ter muito talento.

O filme passa no Festival É tudo Verdade:

Dia 11 de abril, Rio de Janeiro, no Unibanco Arteplex, às 21h

Dia 12 de abril, Rio de Janeiro, no Unibanco Arteplex, às 15h (Praia de Botafogo, 316)

Dia 14 de abril, São Paulo, Espaço Unibanco, 21h

Dia 15 de abril, São Paulo, Espaço Unibanco, 15h (Rua Augusta, 1475)

Ficha técnica:

Direção: Lila Rodrigues e Karina Ades

Direção de fotografia: Kika Cunha e Gu Ramalho

Montagem: Valeria de Barros, Lila Rodrigues e Willem Dias

Trilha Sonora: Diogo Poças

Produção: Paulo Dantas, Karina Ades, Lila Rodrigues

Co-produção: Xis

Direção de Produção: Cristianny Almeida

Produção Executiva: Carol Dantas

Fotografia Adicional: Julia Equi

Assistente de Câmera: Karla Meneguetti

Com: DJ Erick Jay, DJ Rm, DJ Pow, DJ Damente, DJ Pudim, DJ Sleep, DJ Basim, DJ Mf, DJ Max, DJ Buiú, DJ Davi

Participação especial: Xis e KL Jay